PONTO DE REPOSIÇÃO: QUANDO USAR E COMO CALCULAR

O QUE É JUST IN TIME? GUIA DEFINITIVO SOBRE CONCEITO E IMPLEMENTAÇÃO JIT
15 de junho de 2019
CALCULAR O ESTOQUE DE SEGURANÇA
6 de julho de 2019
Show all

PONTO DE REPOSIÇÃO: QUANDO USAR E COMO CALCULAR

PONTO DE REPOSIÇÃO: QUANDO USAR E COMO CALCULAR

Você possui um novo produto que vende rápido. A cada compra, mais receita e menos estoque. Antes de ficar sem estoque, se pedir cedo, gasta com o armazenamento e se pedir tarde, perde cliente. Como calcular Ponto de Reposição?

O Nível de estoque de um item é um alerta quando surge a necessidade de um pedido de reposição. Basicamente, o ponto de reposição é feito através da soma demanda de lead com o estoque de segurança. Sendo assim, o ponto de reposição é uma previsão quantílica da demanda futura.

Calcular o ponto de reposição, de maneira otimizada, envolve o lead time, o nível de serviço e a previsão de demanda. Portanto, a previsão quantílica é uma alternativa para otimizar a qualidade e calcular o ponto de reposição para a maioria das empresas.

E, também é conhecido como ROP, nível de reabastecimento, nível de acionamento de novo pedido ou ponto de reposição. Importante não tão só para otimizar, mas para automatizar. De fato, a maioria dos softwares de ERP configuram o ponto de reposição para a gestão e controle de estoque.

EQD – Estimativa quantil da demanda

Com efeito, o ponto de reposição representa a quantidade de estoque que, com uma confiança de τ% (o nível de serviço desejado), não será superada pela demanda. Se a demanda ultrapassar esse limite, um evento que ocorre apenas com uma frequência de 1 a τ, ocorrerá um esgotamento de estoque.

  • Converge muito rapidamente para zero, mais rápido que as distribuições empíricas observadas no varejo e na manufatura.
  • É perfeitamente suave enquanto a demanda entra em etapas integrais. O impacto negativo dessa suavidade é o mais forte na demanda intermitente.
  • Não é adequado para altos níveis de serviço (na prática valores acima de 90%). De fato, quanto mais distante da mediana (50%), menos acurada é a aproximação normal

Atenção: quando usar o ponto de reposição?

De um ponto de vista de otimização, os benefícios são significativos para o inventário, quando:

  • Os níveis de serviço estão acima de 90%.
  • A demanda é intermitente, com menos de 3 unidades vendidas por período (dia, semana, mês, dependendo da agregação).
  • Os pedidos em massa, ou seja, um único cliente que compra mais de uma unidade de uma vez, representam mais de 30% do volume de vendas.

Na prática, o erro de ponto de reposição é normalmente reduzido em mais de 20% se qualquer uma dessas três condições for satisfeita. Essa melhoria é explicada principalmente pelo fato de que a extrapolação usada para transformar uma previsão média em um quantil torna-se o elo mais fraco do cálculo.

Como calcular o ponto de reposição?

Como calcular ponto de reposicao
Para entender a matemática: por trás, antes de calcular o ponto de reposição, vamos quebrar essa fórmula! 

Você precisa saber a demanda do lead time, porque é o tempo que você precisa esperar para receber a sua encomenda. 

Depois, é necessário que você saiba seu estoque de segurança, assim vai diminuir seus riscos. Some os dois e pronto!

Quando você atingir esse total, deve solicitar um novo pedido e assim, receberá no tempo certo para suprir sua demanda e atender seus clientes. 

Demanda lead time

O tempo que leva para o estoque chegar é conhecido como lead time. Portanto, vamos supor que você tenha uma loja de produtos. O fornecedor sempre possui estoque para fazer sua entrega a qualquer momento. Desde a embalagem, até o envio, demora um tempo para o recebimento. 

Para calcular o prazo de entrega, basta você adicionar todo tempo do processo de envio.

Conforme o exemplo, leva cerca de 33 dias para que você obtenha a nova remessa. Portanto, você deve ter estoque suficiente para suprir esses dias até que chegue a encomenda. 

Mas, só isso não é suficiente. Além do lead, aqui também precisamos descobrir a demanda durante o período. Sendo assim, suponhamos que você venda 200 produtos por mês, cerca de 20 produtos por dia. 

Desta forma, o tempo de entrega se resolve da seguinte maneira:

33 x 20 = 660

Isto é, você precisa de 660 produtos em estoque para que você espere uma nova encomenda. E, claro que, o prazo pode ser alterado devido a problemas inesperados no transporte. 

No caso, se realmente aconteceu algo que atrasou sua encomenda, é onde entra o seu estoque de segurança. Para suprir sua demanda, ele vai ser a sua defesa e segurança nesses momentos difíceis. 

 

   + Para calcular o estoque de segurança acesse: CALCULAR O ESTOQUE DE SEGURANÇA.

 

Vamos supor que aconteceu um imprevisto e vai demorar 50 dias para que você receba sua encomenda. 

Ou seja: (20 x 50) – (20 x 33) = 340. 

Sendo assim, você precisa de 340 unidades como estoque de segurança para suprir esses dias de ausência.

A fórmula do ponto de reposição

Para calcular o ponto de reposição e avaliar a precisão da previsão, é possível fazer uma fórmula. No entanto, o intuito é reduzir as perdas de seu inventário para preservar a falta de estoque. Assim, possuímos uma das estratégias para melhorar a sua empresa.

Para exemplificar e concluir nossa história, o ponto de reposição seria: 

660 (demanda lead time) + 340 (estoque de segurança) = 1000

Pode parecer um pouco confuso, mas assim que seu estoque atingir 1000 produtos, você deve fazer um novo pedido. Através do cálculo, você atinge o número suficiente para durar enquanto chega sua próxima ação e ainda mantém o estoque suficiente para calcular os riscos. 

Vale a pena lembrar: a previsão depende se a empresa tiver um processo em vigor e, mesmo assim, não é exata. Portanto, a grande jogada é que os níveis de estoque por si só representam a previsão de demanda, mas essa função de prever as perdas, nos permite avaliar a qualidade de contornar a situação no caso dos imprevistos.

 

+ Para saber tudo sobre: 

Como garantir o gerenciamento do ponto de reposição?

O planejamento do ponto de reposição é uma das tarefas mais cruciais da gestão e controle de estoque. Portanto, definir o ponto de reposição é a quantidade ideal para que você reduza gastos, garante a disponibilidade mesmo a meio caos de uma entrega. 

Manter o controle de estoque quando se tem uma única loja é fácil, mas se você possui diversos estabelecimentos ou diferentes canais, a tarefa é árdua. Sendo assim, você pode rastrear através de softwares e automatizar seus processos.

Desta forma, você evita desapontar seus clientes com desculpas. Quão mais eficaz seu trabalho, maior a confiança e eles sempre estarão ali para comprar cada vez mais. 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *